Guia das Olimpíadas Científicas: 18 competições Para Você se Desafiar

11 minutos para ler

Melhora do desempenho na escola, aumento do raciocínio lógico e até conquista de bolsa de estudos. 

A presença de alunos em Olimpíadas Científicas proporciona muito mais que medalhas e diplomas de participação.

Trata-se de uma oportunidade para que estudantes e professores façam novas descobertas, explorem lugares, ideias, técnicas e conhecimentos que nem sempre são abordados em sala de aula. 

Divididas por áreas do conhecimento, as Olimpíadas Científicas desafiam os alunos a explorarem o seu potencial em uma competição intelectual que exige a aplicação de conhecimentos associados à realidade em que vivem. 

Saiba mais sobre como participar de uma Olimpíada Científica e aproveite para conhecer as principais competições espalhadas pelo país.

Por que participar das Olimpíadas Científicas é importante?

1. Abre portas

Nesse tipo de competição o aluno pode conhecer professores das principais universidades do país, além de alunos de todo o Brasil. Trata-se de uma espécie de networking que pode render muitos frutos, além de amizades para a vida toda. 

2. Melhora o desempenho na escola

O aluno que se desafia a participar de uma Olimpíada Científica, automaticamente passa a estudar mais e a aprofundar seu conhecimento em disciplinas, que na correria do dia a dia, passariam despercebidas. Esse exercício, automaticamente, melhora o desempenho na escola, já que o estudante estará adaptado a uma rotina de estudos mais intensa. 

3. Desenvolve o raciocínio lógico

Os alunos que participam das Olimpíadas Científicas ficam mais ágeis na hora de resolverem problemas e exploram com mais intensidade a criatividade. Tudo isso incentiva que procurem soluções e caminhos na resolução de problemas e desenvolvam o raciocínio lógico. 

4. Prepara para o vestibular

Quando o aluno participa de uma Olimpíadas Científicas, ele automaticamente treina para o  vestibular e para ingressar nas universidades brasileiras ou estrangeiras. Além da agilidade na hora de responder às questões, esse estudante também fica familiarizado com o ambiente de provas. 

5. Bolsa de estudos no exterior

Você sabia que a participação nas Olimpíadas Científicas contribui para processos seletivos de bolsas em universidades no exterior? Isso mesmo! Instituições gringas valorizam muito o envolvimento de alunos em atividades extrassala de aula e podem, inclusive, considerar esse tipo de proatividade como um critério de desempate. 

18 Principais Olimpíadas Científicas para se Inscrever

guia de olimpíadas científicas

As Olimpíadas Científicas são divididas por áreas do conhecimento: 

  • Matemática;
  • Ciências Exatas;
  • Ciências Humanas;
  • Ciências Biológicas;
  • Interdisciplinares.

O Colégio Objetivo fez uma seleção com as principais competições por área do conhecimento e mostra abaixo todos os detalhes para você já ir se preparando.

OBS: As datas de realização das Olimpíadas Científicas indicadas neste artigo estão sujeitas a alterações em razão da pandemia. Em 2020 e 2021, as competições aconteceram de forma online. 

 1. OMU – Olimpíada de Matemática da Unicamp 

Site Oficial: https://www.olimpiada.ime.unicamp.br/
Requisitos:  8º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio
Quando ocorre: De abril a setembro

A OMU ocorre em pequenas equipes de três alunos e um professor responsável. É constituída por três provas, cada uma com uma semana de duração e desafios novos e instigantes. 

2. Canguru – Olimpíada Canguru de Matemática 

Site Oficial: https://www.cangurudematematicabrasil.com.br
Requisitos:  3° ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio
Quando ocorre: março

O Concurso Canguru de Matemática é uma competição anual internacional que teve origem na França e hoje é administrada globalmente pela Associação Canguru sem Fronteiras (Association Kangourou sans Frontières – AKSF).  Trata-se da maior competição de matemática do mundo, com mais de 6 milhões de participantes, por ano, nos mais de 80 países. 

3. OBM – Olimpíada Brasileira de Matemática 

Site oficial: https://www.obm.org.br/
Requisitos: 6° ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio 
Quando ocorre: março

Realizada pela Associação Brasileira de Matemática, a OBM tem como objetivo descobrir jovens com talento matemático e colocá-los em contato com matemáticos profissionais e instituições de pesquisa de alto nível. 

4. OIMSF – Olimpíada Internacional Matemática Sem Fronteira

Site Oficial: http://matematicasemfronteiras.org/
Requisitos: 4° ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio
Quando ocorre: abril

A Olimpíada Internacional Matemática sem Fronteiras (OIMSF) é a seção brasileira do evento internacional Mathématiques sans Frontières, criado em 1989 pela Académie de Strasbourg. No Brasil, tem o objetivo de aproximar os países estrangeiros através do estudo da matemática.

5. OBMEP – Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

Site Oficial: http://www.obmep.org.br/ 
Requisitos: 6° do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio 
Quando ocorre: junho e novembro

Criada em 2005 para estimular o estudo da matemática e identificar os talentos da área, a OBMEP é um projeto dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada – IMPA. Em 2019, mais de 18 milhões de alunos participaram da olimpíada.

6. Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica  (OBA) e Mostra Brasileira de Foguetes MOBFOG

Site oficial: http://www.oba.org.br/site/
Requisitos:  1° do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio 
Quando ocorre: maio

A OBA tem o objetivo de fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins, por meio da difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa. 

Já a MOBFOG é uma olimpíada inteiramente experimental que consiste em construir e lançar, obliquamente, foguetes, a partir de uma base de lançamento, o mais distante possível. Foguetes e bases de lançamentos devem ser construídos por alunos individualmente ou em equipes de até três componentes.

Realizadas em parceria, as olimpíadas são abertas a escolas públicas, privadas, urbanas ou rurais, sem exigência de número mínimo ou máximo de alunos. 

blog banner desafio

7. OBR Prática e OBR Teórica – Olimpíada Brasileira de Robótica Prática

Site oficial: http://www.obr.org.br
Requisitos: 1° do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio 
Quando ocorre: junho e julho

Olimpíada Científica Brasileira que utiliza da temática da robótica e tem como premissa estimular os jovens às carreiras científico-tecnológicas, a identificar talentos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro. Os alunos podem escolher entre participar da modalidade prática e modalidade teórica da competição. 

8. OBQ – Olimpíada Brasileira de Química 

Site oficial: https://obquimica.org/ 
Requisitos: Ensino Médio
Quando ocorre: Seletivas acontecem de abril a outubro 

Competição entre alunos do ensino médio visa desafiar os alunos a testar seus conhecimentos em química. Os quinze estudantes de maior destaque nesta olimpíada são convocados para participar do Curso de Aprofundamento e Excelência em Química, do qual se escolherá a equipe que representará o Brasil na Olimpíada Internacional de Química e na Olimpíada Ibero-americana de Química.

9. OBF – Olimpíada Brasileira de Física

Site oficial: http://www.sbfisica.org.br/v1/olimpiada/2020/
Requisitos: 8° ano do Ensino Fundamental até 3ª série do Ensino Médio 
Quando acontece: outubro 

A Olimpíada Brasileira de Física (OBF) é um programa permanente da Sociedade Brasileira de Física (SBF)  que visa usar as competições intelectuais como veículos capazes de despertar e estimular o interesse pela física, melhorar seu ensino, incentivar os estudantes a seguirem carreiras científico-tecnológicas e prepará-los para as Olimpíadas Internacionais de Física (OIF). 

10. ONHB – Olimpíada Nacional em História do Brasil

Site oficial: https://www.olimpiadadehistoria.com.br/
Requisitos: 8° ano do Ensino Fundamental até 3ª série do Ensino Médio 
Quando acontece: maio

A Olimpíada Nacional em História do Brasil é um projeto de extensão da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Alunos de todo o país participam da competição que se coloca como uma importante ferramenta de aprendizado do ensino de história.

11. OBG – Olimpíada Brasileira de Geografia 

Site oficial:  https://obgeografia.org/
Requisitos: 9° ano do Ensino Fundamental ao 3° ano do Ensino Médio 
Quando acontece: maio

A Olimpíada Geo-Brasil desafia os alunos a responderem questões de Geografia Geral e outras específicas de Ciências da Terra (Geografia Física). Dividida em três fases, a competição é um projeto de extensão coordenado pelo professor do Instituto de Geociências da Unicamp, em colaboração com  a Universidade de Brasília e com a Universidade Federal de Alfenas.

12. OBL – Olimpíada Brasileira de Linguística

Site oficial: https://obling.org/
Requisitos: Ensino Médio e livre 
Quando acontece: setembro

A Olimpíada Brasileira de Linguística instiga seus participantes a ampliar as habilidades lógico-analíticas, intuição linguística, e a visão sobre os povos do mundo, a partir de uma abordagem interdisciplinar. Suas quatro etapas permitem diferentes graus de envolvimento dos estudantes. 

13. Olimpíada Brasileira de Medicina 

Site oficial: https://olimpiadademedicina.com.br/
Requisitos: Livre
Quando acontece: de maio a agosto

A Olimpíada de Medicina é uma competição que apresenta como temática a biologia do corpo humano, estimulando o conhecimento sobre a carreira médica e suas áreas de atuação. Ao incentivar o estudo de temas ligados à medicina, o seu objetivo é despertar nos estudantes o interesse pelas Ciências Médicas e áreas afins.

14. OBB- Olimpíada Brasileira de Biologia 

Site oficial:https://olimpiadasdebiologia.butantan.gov.br/
Requisitos: Ensino Médio
Quando acontece: de abril a junho

Fundada em 2004 pelo Instituto Butantan, a Olimpíada Brasileira de Biologia  tem o objetivo de estimular o interesse ativo em estudos biológicos e aproximar a universidade do ensino médio de biologia, diminuindo o tempo de defasagem entre as inovações científico-tecnológicas e sua divulgação aos estudantes de nível médio.

15. OBN – Olimpíada Brasileira de Neurociências

Site oficial: http://brazilianbrainbee.org/
Requisitos: Ensino Médio
Quando acontece: Maio e junho

A Olimpíada Brasileira de Neurociências (OBN), ou Brazilian Brain Bee, é uma olimpíada científica voltada para alunos do ensino médio, cujo principal objetivo é despertar o interesse dos estudantes para o conhecimento científico. É organizada em etapas locais, em que são selecionados os campeões regionais, e na etapa nacional, que define o campeão brasileiro. 

16. OBS – Olimpíada Brasileira do Saber

Site oficial: https://obssaberes.org/
Requisitos: 9° ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio 
Quando acontece: abril 

Dividida em três fases, a Olimpíada Brasileira do Saber é uma competição de alto nível de excelência que procura estimular o interesse dos estudantes brasileiros pela matemática e suas tecnologias, Língua Estrangeira e Ciências da Natureza.

17. OBC – Olimpíada Brasileira de Ciências

Site oficial: http://www.obciencias.com.br/
Requisitos: Nascidos após 01/01/2006
Quando acontece: maio e agosto

A Olimpíada Brasileira de Ciências é a competição que seleciona os alunos para representar o país na IJSO (Olimpíada Internacional Júnior de Ciências) e na OCJA (Olimpíada de Ciências Júnior Americana). Os torneios são disputados anualmente em local itinerante entre estudantes de até 15 anos, avaliados em Física, Química e Biologia, simultaneamente.

18. ONC – Olimpíada Nacional de Ciências

Site oficial: https://onciencias.org/ 
Requisitos: 8° ano do Ensino Fundamental até 3ª série do Ensino Médio
Quando acontece: agosto e setembro

A Olimpíada Nacional de Ciências (ONC) integra o Programa Ciência na Escola e é uma realização de cinco Sociedades Científicas. Além de despertar o interesse pelo estudo das ciências, a competição tem a intenção de aproximar as instituições de ensino superior, os institutos de pesquisa e sociedades científicas das escolas de Ensino Fundamental e Ensino Médio. 

Participar de uma olimpíada é uma forma saudável de se desenvolver

Como pôde perceber, existem desafios de todos os tipos e áreas do conhecimento para serem explorados. 

Fique atento às datas de inscrição e veja qual competição mais tem a ver com as disciplinas que seu filho se identifica. 

Incentive-o a pedir orientações para o professor, trocar ideia com colegas de classe e não se esqueça de reforçar: desafios vêm acompanhados de muitos frios na barriga. E, tudo bem! 🙂

Em um futuro muito próximo, seu filho terá que lidar com muitos outros desafios. Assim, já estará muito mais resiliente e preparado para os demais obstáculos da vida.

Posts relacionados

Deixe um comentário