Ler para os filhos: 9 benefícios de adotar essa prática

8 minutos para ler

Incentivar a criação do hábito da leitura para os filhos é um desejo da maioria dos pais, mas muitas vezes torna-se um grande desafio. 

A vida moderna exige muito dos adultos e, infelizmente, deixa pouco tempo para a dedicação aos filhos. 

Além disso, na era digital, o desafio aumenta por causa da competição com as telas. Mas, apesar de ser um problema aparentemente complexo, a solução é simples: ler para os filhos.

É na primeira infância que começa a construção do hábito da leitura, e o incentivo dos pais torna-se essencial. 

Por mais tentador que seja entreter a criança com um desenho animado ou um joguinho de celular, ajudar a criar esse hábito desde o início da vida do seu filho vai fazer toda a diferença. 

Quer ver? Veja 9 benefícios de ler para os filhos:

Ler para os filhos: 9 benefícios

1) Construir a leitura como hábito

Segundo uma pesquisa de 2016, 44% dos brasileiros não têm o hábito da leitura e 30% sequer comprou um livro na vida

São dados alarmantes sobre uma atividade tão importante para o desenvolvimento humano. 

Por isso, os pais devem começar a desenvolver esse hábito em seus filhos desde pequenos, para que se tornem adultos ávidos por livros.

As crianças aprendem muito pelo exemplo, então o primeiro passo para criar o hábito da leitura prazerosa no seu filho é demonstrar prazer ao ler para ele. 

A hora de contar uma história deve ser uma hora gostosa, tanto para a criança, como para o pai ou a mãe.

Os pequenos que leem bastante tendem a ter mais facilidade para o aprendizado e se dão melhor na escola

A leitura atiça a curiosidade da criança. 

É um sistema de retroalimentação: quanto mais ela lê, mais quer ler!

2) Fortalece o vínculo entre pais e filhos

Ler para seus filhos é um ato de amor e carinho, só isso já basta para estreitar os laços familiares. 

Durante a leitura, um clima de cumplicidade é criado entre o adulto e a criança, que a faz se sentir amada e querida.

Além disso, a leitura em voz alta também ajuda a acalmar e desestressar os pequenos. 

Ler para bebês os ajuda a identificar a voz dos pais e a tê-la como sinal de segurança. 

Para os pais e mães, o fator calmante já é um grande incentivo para ler para os filhos, mas fica ainda melhor. 

A leitura ajuda no desenvolvimento cerebral das crianças. Ou seja, você acalma e ainda desenvolve seu bebê!

Agora, se na sua casa a leitura é uma atividade exclusiva da mãe, é hora de repensar esse hábito. 

Um estudo australiano mostrou que quando o pai também lê para o filho o desenvolvimento da linguagem na criança é superior. 

Além disso, cria intimidade entre o pai e a criança e fortalece a figura paterna na vida do pequeno.

3) Aumenta o repertório cultural da criança

A leitura é uma forma de viajar sem sair de casa. 

É possível visitar culturas diferentes, aprender sobre outros lugares, pessoas e mundos. 

Ler para os filhos é uma maneira de aumentar o repertório cultural da criança e mostrar que há um universo de possibilidades além do pequeno mundinho onde ela vive nesse momento.

Um ótimo jeito de realçar esse aspecto na hora da leitura é apontar as diferenças e semelhanças entre os personagens e as situações da história com sua família. 

Dessa maneira você ensina sobre diversidade desde cedo e mostra que somos todos diferentes, mas também iguais entre si.

4) Filhos leitores se tornam adultos mais articulados

Como a leitura estimula o desenvolvimento cognitivo da criança, quanto mais devorador de livros o pequeno for, mais esperto ele vai ficar. 

Esse estímulo cognitivo ajuda na evolução tanto da parte mental como corporal da criança, aumentando sua qualidade de vida em todos os aspectos.

caminhos educacionaisPowered by Rock Convert

Os pais que incentivam os filhos a ler também os preparam para uma vida adulta mais tranquila. 

Com as conexões cerebrais criadas através da leitura, os pequenos se tornam adultos mais articulados e capazes de enfrentar os desafios do dia a dia.

Para os bebês que nasceram com alguma deficiência física ou cognitiva, a leitura é ainda mais importante. 

O hábito ajuda o cérebro a criar novos caminhos para desenvolver as habilidades perdidas.

5) Melhora a capacidade de interpretação

Entender o mundo é saber interpretar contextos e situações diferentes a cada momento. 

Para uma criança que está apenas descobrindo seu lugar no mundo, uma situação inédita pode ser difícil de compreender corretamente. 

Ao ler para os filhos, nós damos exemplos de como lidar com problemas fictícios que podem ser aplicados na vida real.

Um momento de fazer uma decisão difícil pode ser solucionado lembrando da atitude de um personagem da história favorita da criança. 

Além disso, ao ler, o pequeno desenvolve sua capacidade de interpretar diferentes intenções e desejos. 

Interpretação de texto é algo que se aplica em todos os âmbitos da vida. Aprender essa habilidade logo cedo dá independência e poder de decisão para a criança.

6) Gera autoconfiança

Ao ler ou ouvir uma história, o pequeno entra em contato com situações que não pertencem à sua vida, mas que podem ter muito significado mais adiante.

A ficção também pode falar de temas complicados de maneira simples e lúdica. Morte, tristeza, separação e desigualdades são temas difíceis de abordar com seu filho. Com exemplos apropriados para crianças, elas aprendem e ganham confiança em si mesmas na hora de encarar situações complicadas no seu dia a dia.

7) Ensina a ouvir

A capacidade de ouvir é uma qualidade essencial para manter boas relações com os outros, ainda mais nos dias de hoje. 

Ler para seu filho o ensina a ouvir e prestar atenção no que o outro diz. 

Isso lhe dá a capacidade de manter o foco.

Para estimular ainda mais, desligue todas as telas e aparelhos de som no momento da leitura. 

Crie um ambiente de atenção total no momento de contação de histórias e seja claro no que diz.

8) Ajuda a lidar com as emoções

Entender o que sente e por que sente é uma habilidade muito importante para qualquer um, mais ainda para uma criança pequena. 

Na hora de contar uma história, explique o que o personagem sente naquele momento e justifique suas ações no campo emocional.

Estimular a compreensão das emoções faz com que seu filho cresça com uma relação saudável com o que sente. 

Para ir além, pergunte ao seu filho o que ele faria na mesma situação que o personagem.

9) Estimula a criatividade

Ouvir histórias é um grande incentivo para criar as suas próprias. 

Ao ouvir você contando, o pequeno imagina as situações e cenas em tempo real, criando uma espécie de cinema dentro  da cabeça.

Incentivar o uso da imaginação, além de favorecer a criatividade lúdica do seu filho, também o ajuda a pensar em soluções para problemas práticos de sua vida. 

Na hora de escolher os livros que vai levar para a contação, vale apostar em menos ilustrações para ativar a imaginação.

Comece a montar sua biblioteca já!

Deu para perceber que são inúmeras as razões para ler aos filhos. Seja antes de dormir, numa pausa da rotina durante o dia ou até durante o banho, o hábito de leitura merece toda a dedicação.

Mas quando começar? A resposta é simples: já! 

Não é preciso esperar seu filho começar a prestar atenção no que você diz, ou ser capaz de focar nas ilustrações de um livro. Quanto antes você introduzir a leitura na vida do seu pequeno, melhor!

Então reserve uma prateleira, abra espaço e comece a montar a biblioteca do seu filho. 

O leitor ávido do futuro vai te agradecer!

Posts relacionados

Deixe um comentário