Comportamento Infantil aos 7 anos: Tudo o que você precisa saber

8 minutos para ler

Você piscou os olhos e, de repente, seu filho(a) já é quase um(a) mini-adulto(a). Aos 7 anos, podemos dizer que o comportamento infantil é, de fato, marcante no desenvolvimento dos nossos pequenos. 

Agora, ele já tira de letra algumas tarefas que, quando mais novo, demandava suporte total. 

Até agora, tudo bem. Isso é bom, certo? 

O que você não esperava era ver um lado menos dócil e amoroso do seu bebê – agora, uma criança crescida, de sete anos. 

O comportamento do seu pequeno pode se tornar um pouco instável e a criança pode vir a ser respondona ou até a contar mentiras. 

Calma. 

Essas atitudes não significam que haja um problema na personalidade do seu filho. 

Significa apenas que ele chegou aos sete anos de idade. Seja bem-vindo(a).

Como é o comportamento infantil aos 7 anos?

Desenvolvimento motor 

Nesta idade, seu filho (a) é uma fonte de energia e provavelmente vai querer fazer muitas atividades físicas

Essas atividades, que podem variar desde a prática de esportes a simples brincadeiras no pátio, vão ajudar a criança a desenvolver as habilidades motoras e a ganhar força física. 

Em contrapartida, a criança ainda pode sofrer um pouco para escrever à mão. 

Você se lembra das atividades com cadernos de caligrafia?

Parece coisa de outro século, mas a prática ainda é válida para aperfeiçoar a habilidade motora fina da criança. 

Outro ponto importante: 

Como as crianças gastam muita energia nesta faixa etária, elas precisam dormir. 

E dormir bastante!

O recomendado é que os pequenos durmam de 10 a 12 horas por dia nesta idade para garantir o desenvolvimento necessário. 

Comportamento social

É possível que, nesta idade, seu filho se torne bastante sociável.

Seu pequeno (que não é mais tão pequeno!) agora tem uma vida fora do núcleo familiar. 

É possível que tenha um melhor amigo ou um grupo de amigos, e até tenha algumas pessoas com quem ele prefere não se enturmar. 

Alguns coleguinhas podem se tornar amigos próximos, mas a criança pode ficar um pouco desconfiada de outros. 

Um comportamento que se assemelha, de certa forma, ao de adultos, não é mesmo?

Comportamento cognitivo

Aos sete anos, a criança já consegue se concentrar por mais tempo em uma única tarefa.

Você pode passar instruções ou tarefas mais detalhadas. Nesta idade, a criança já consegue acompanhar. 

A criança vai adorar compartilhar o que aprendeu na escola com você. Tenha paciência e se mostre interessado.

Ah, e se o pequeno (a) estiver com comportamentos que você e sua família não costumam adotar, é provável que ele esteja imitando alguém do grupo que convive na escola.

Desde que os hábitos sejam saudáveis, não há problemas. 

Comportamento emocional

7 anos mudança de humor

A criança está conseguindo lidar melhor com as emoções, depois do turbilhão vivido aos seis anos

Mudanças bruscas e abruptas não são um problema tão grande, e pode ser que a criança se adapte bem a eles. 

O autocontrole ainda é um desafio, algo que melhora ao longo dos anos, mas, aos sete anos, a criança já lida melhor com situações inesperadas. 

Mau comportamento

Fique tranquilo. 

Seu filho (a) não pirou. 

Alguns comportamentos considerados errados, como mentir, desafiar ordens, ter acessos de raiva e mudar bruscamente de humor são comuns nesta faixa etária.

Nesta idade, as crianças estão tentando ser independentes. 

Por isso, por vezes, querem tentar fazer as coisas do jeito deles. 

Isso pode ser irritante, mas não é um motivo para preocupação. 

Claro que, no caso de excessos, é bom consultar um médico, um psicólogo ou o professor da escola. 

De qualquer modo, todos esses comportamentos são comuns. 

Mudanças de humor

Aos sete anos, as crianças estão em um “limbo”. 

Ainda não são considerados pré-adolescentes, mas tampouco estão em idade pré-escolar. 

Isso pode confundir a cabeça do seu filhote. Seja compreensível. 

Desafiar ordens

Pode ser que seu filho desafie uma ordem que você deu ou apenas a ignore. 

Pode ser um teste – a criança quer ver até onde consegue se safar com esse comportamento. 

Além disso, a personalidade está ficando mais forte, e o pequeno pode estar decidindo as tarefas que gosta e as que não gosta de executar. 

Portanto, uma ordem pode incomodá-lo, resultando na desobediência.

Raiva

Esse é um dos humores mais erráticos dessa faixa etária. 

Mudanças de humor, atitudes “respondonas”, frustração e impulsividade completam o pacote. 

É normal que as crianças sintam raiva ou ressentimento nesta faixa etária, mas se a raiva estiver saindo do controle ou se tornando o principal modo de reação do seu filho, é preciso tomar alguma atitude.

blog banner desafio

Mentiras 

Esse é o problema mais comum do comportamento infantil aos 7 anos.

É importante desvendar a causa das mentiras. 

Algumas crianças têm dificuldade de dissociar o que é real do que é imaginário. 

Em todos os casos, os pais precisam estar atentos para analisar as circunstâncias que levaram a esse comportamento. 

Como é o desenvolvimento de uma criança de 7 anos?

desenvolvimento 7 anos

Não espere mudanças dramáticas nas habilidades motoras do seu filho. 

Nos primeiros anos escolares, o pequeno passa por um período de aperfeiçoamento, quando começam a se coordenar melhor e a aprimorar a coordenação motora fina (habilidades que, geralmente, envolvem a sincronização de movimentos das mãos e dos dedos com os olhos).  

O que você mais vai perceber (e muito!) são mudanças nas habilidades sociais e mentais da criança. 

Veja o que você pode esperar do desenvolvimento do seu filho (a) de 7 anos: 

Desenvolvimento motor

– Habilidade para executar movimentos simples de ginástica, como cambalhotas e estrelinhas.

– Melhor desenvolvimento da coordenação óculo-manual;

– Habilidade de se equilibrar. 

Desenvolvimento da linguagem e raciocínio

– Habilidade para entender argumentos e tomar decisões certas;

– Uso de vocabulário com milhares de palavras;

– Concentração em algo por mais tempo;

– Uso de raciocínio lógico e sério, podem ficar pensativos e reflexivos;

– Habilidade para diferenciar o tempo; já conhecem os dias, os meses e as estações;

– Conseguem solucionar problemas mais complexos;

– Começam a entender que as letras representam sons que formam palavras;

– O estilo de aprendizado individual começa a ficar mais nítido;

– Conseguem solucionar problemas mais complexos;

– Conseguem descrever semelhanças entre dois objetos.

Desenvolvimento social e emocional 

– Desejo de ser perfeito. Passam a ser mais críticos;

– A criança se torna mais preocupada e pode demonstrar autoconfiança baixa;

– Tendência a reclamar e a ter fortes reações emocionais;

– Consegue diferenciar o que é certo e errado;

– Segue ordens com mais facilidade; punições são menos necessárias;

– Sabe esperar a vez de participar;

– Já sabe perder em jogos e é menos provável que coloque a culpa do que faz em outras pessoas;

– Evita e se retrai na presença de adultos;

– Começam a sentir culpa e vergonha.

Em tempo: não espere que seu filho seja perfeito. 

Você também não está radiante e cheio de alegria todos os dias, certo? 

Então, não espere isso da criança, independentemente da idade em que se encontra. 

Crianças de sete anos, em geral, estão felizes, mas não o tempo todo. 

Conforme vão desvendando as complexidades da interação social, as crianças começam a perceber que não vão se dar bem com todo mundo que conhecem. 

Crianças desta idade são super curiosas!

Ao mesmo tempo que isso pode ser super divertido, também pode ser um pouco exaustivo. 

Os pais podem ficar um pouco cansados quando são expostos a uma sequência infinita de perguntas. 

Veja também: 10 perguntas cabeludas feitas de filhos para pais

Respire fundo e tenha paciência. 

E não se sinta mal quando não souber responder a uma pergunta. 

Ninguém é obrigado a saber tudo, ok?

Cada criança se desenvolve no seu tempo

Lembre-se: as crianças são únicas e cada uma tem o seu próprio tempo.

Além disso, o comportamento de cada uma também depende muito do ambiente no qual ele vive. 

Esses são alguns dos marcos que costumam ocorrer no comportamento infantil aos 7 anos. 

Evite comparar o comportamento do seu pequeno com o dos irmãos ou dos coleguinhas de classe. 

Se o seu filho estiver um pouco adiantado ou um pouco atrasado, tudo bem! 

Mas, se algo estiver deixando você preocupado (a), procure seu pediatra ou um professor da escola do seu filho para saber se está tudo andando conforme o esperado, ok?

Gostou do nosso artigo? Deixe abaixo o seu comentário e conta pra gente a sua experiência como pai/mãe nessa encantadora fase de desenvolvimento.

Posts relacionados

Deixe um comentário