Como escolher a melhor escola para o seu filho (em 13 passos)

11 minutos para ler

Uma das grandes preocupações de qualquer pais está concentrada da pergunta: Como escolher a escola do meu filho? 

Escolher a melhor escola não é tarefa fácil mesmo, afinal, são vários os fatores a serem ponderados na hora de tomar essa decisão. 

Os pais podem escolher a escola dos filhos com ou sem a participação deles, contudo, o mais importante no momento de conversar com seu filho é ter em mãos as informações mais práticas e essenciais, coisa de adulto mesmo, ou seja, aqueles fatores-chave que devem ser analisados com cuidado pelos responsáveis. 

Veja também: Como escolher uma boa escola de Educação Infantil

Como escolher a melhor escola para meu filho (em 13 passos)

Para auxiliar nessa tarefa tão delicada, separamos algumas dicas que vão te auxiliar a entender como escolher a escola do seu filho de modo que ela seja compatível com sua realidade e com o que você espera para o futuro dele. 

Elas foram selecionadas em forma de passo a passo, para auxiliar no processo de tomada de decisão e, ao mesmo tempo, facilitar sua análise de todo o contexto envolvido na busca pela melhor escola. Vamos começar?

1) Mapeie as escolas disponíveis

pesquise as escolas disponíveis

Selecione as instituições de ensino disponíveis em sua cidade. Pergunte aos amigos, ou faça uma rápida pesquisa no Google. As redes sociais também são maneiras para medir a aceitação dos pais que já tem seus filhos matriculados na escola. 

Os pais podem escolher a escola dos filhos com base em diversos motivos, mas um é fundamental: a existência de vagas.

Principalmente se a mudança requer urgência, antes de escolher consulte a disponibilidade de vagas.

2) Valores de mensalidade

A opção por uma escola particular exige análise dos gastos familiares. Para não se comprometer financeiramente, consulte os valores de mensalidade e matrícula que cabem no seu bolso.

3) Localização

Essa dica é especialmente importante para quem mora em grandes centros urbanos. Em muitos casos, a distância entre a residência e a escola pode dificultar o cumprimento dos horários, ou simplesmente se tornar um transtorno para a rotina dos pais e das crianças.

Mas como escolher melhor escola para meu filho se ela fica longe? 

Bom, nesse momento é importante ponderar que fatores como cansaço, acordar muito cedo e chegar atrasado podem dificultar o aprendizado, mesmo na melhor escola. 

Com um pouco de pesquisa, você vai encontrar uma boa instituição de ensino que esteja dentro de um raio de distância adequado à rotina da sua família, próximo à sua casa ou trabalho. 

4) Horários

Além da localização, os horários de entrada e saída podem ser um transtorno para algumas famílias. 

Imagine que você trabalha até às 6 horas da tarde e demora 15 minutos para chegar até a escola de seu filho. 

Se as aulas dele acabam às 17h30 e há um período de meia hora de tolerância na saída, isso vai significar que, todos os dias, seu filho vai ser o último a sair. 

Isso pode gerar muita confusão, e se você atrasar na chegada também, portanto, verifique se os horários são compatíveis com a sua rotina.

5) Analise a metodologia

Analisar e compreender os métodos pedagógicos são passos fundamentais para fazer a melhor escolha. 

Para isso, vale a pena pesquisar um pouco mais sobre as diferenças entre cada método e analisar quais deles lhe parece mais proveitoso para seu filho.

A internet é um vasto espaço para encontrar informações sobre pedagogia e as formas de ensino adotadas pelas diferentes linhas de atuação, com certeza um pouco de pesquisa vai deixar tudo mais claro quanto aos objetivos da educação que você pretende dar ao seu filho.  

Outra boa dica é realizar uma visita à escola, até para entender se a proposta pedagógica é realmente aplicada na prática.

6) Analise os valores da escola

A educação e o aprendizado em família se mesclam com tudo que a criança aprende na escola, por isso, é interessante escolher uma instituição de ensino que propaga os mesmos valores que sua família acredita. 

Isso não é um fator totalmente excludente na seleção das escolas, porém, é algo a se pensar.

O mesmo vale para as famílias praticantes de religiões. Se a sua preocupação com o ensino religioso é muito alta, vale a pena alinhar esse tipo de valor com a escola onde seu filho vai estudar para evitar conflitos ou descontentamentos desnecessários. 

Outros pontos são legais de serem observados aqui, tais como:

  • Transmissão de valores éticos;
  • Consciência ambiental;
  • Realização de trabalhos envolvendo a sociedade
  • Obras de caridade da escola;
  • Campanhas anti-bullying, etc. 

7) Faça uma visita

Pense bem. 

Se a sua pergunta fundamental é “como escolher a melhor escola para meu filho”, como fazer isso sem uma visita? 

O ambiente escolar é tudo! 

É nesse local onde o seu filho irá passar grande parte do tempo e o convívio terá impacto direto no seu futuro.

Analise a limpeza, organização, uniformes, postura dos profissionais, instalações, centros de atividade e tudo mais que for possível.

Neste momento sempre acontece um bate papo entre um representante da escola e os pais, portanto, trata-se de uma ótima oportunidade para falar sobre os valores da escola e a metodologia de ensino. 

8) Atenção com a segurança

Em cidades mais violentas, muitos pais ficam preocupados com a movimentação de entrada e saída da escola, por isso, vale a pena passar na frente durante um desses períodos e analisar a capacidade da instituição de manter tudo bem seguro. 

Você também pode ficar de olho na segurança do local durante a sua visita, analisando se há câmeras, cercas e a presença de seguranças ou monitores. 

caminhos educacionaisPowered by Rock Convert

Outro ponto importante de se analisar é como é feito o embarque e desembarque de alunos.

Colégios como o Objetivo Portal, por exemplo, possuem rotatórias especiais para tornar mais segura a entrada e a saída de alunos, além da facilidade e otimização de tempo para os pais.

9) Atenção com a alimentação

Se seu filho vai realizar refeições durante o período escolar, informe-se sobre a alimentação, cardápio, existência de acompanhamento nutricional e tudo mais. 

Refeições importantes, como o almoço e o café da manhã, precisam ser bem balanceadas e saudáveis, especialmente nas fases de desenvolvimento.

10) Capacitação dos professores

Professores qualificados são capazes de aportar conteúdos mais completos e de maneira mais didática, portanto, nunca se esqueça de verificar qual é o nível de formação dos professores que compõem o quadro pedagógico.

Faculdades sempre fazem questão de reforçar a presença de mestres e doutores em seu corpo docente, e isso acontece exatamente porque a qualidade da formação é fundamental para o futuro.

Com a educação de nível básico isso também ocorre, portanto, busque informações sobre os professores que irão ministrar as aulas. 

11) Capacidade de acolhimento da equipe (adaptação)

O período de adaptação pode ser muito crítico para as crianças, por isso, a capacidade de acolhimento da equipe da escola é fundamental. 

Isso serve tanto para auxiliar na adaptação do seu filho quanto na orientação que eles dão aos colegas sobre esse tipo de acontecimento. 

Nem toda a escola sabe receber alunos novos, ou melhor, nem sempre há um plano traçado para este processo, portanto, certifique-se de que essa preocupação faz parte da rotina da escola. 

Objetivo Sorocaba, destaca a adaptação escolar como um processo de grande importância, considerando um marco permanente na formação emocional. 

No Objetivo todos os alunos estão constantemente em processo de adaptação, desde o início na nova escola, até mudanças de períodos ou professores, e vivências ou desafios. 

Por isso, a escola tem projetos, aulas e profissionais com valores pautados na sensibilidade e empatia para acolher e recepcionar seus novos alunos em diferentes contextos de transição. 

12) Procure opiniões

“Como escolher a melhor escola para meu filho” é uma preocupação sua e de qualquer pai e mãe que preocupa minimamente com o futuro da sua criança . 

A grande maioria deles reconhece que isso é uma tarefa que requer atenção, por isso, vale a pena conversar com alguns pais de alunos das escolas selecionadas para obter um feedback que auxilie a formar sua opinião.

É importante ter filtro nesse momento para não se deixar levar por depoimentos muito apaixonados ou muito amargos, porém, pode ter certeza que um bate papo com outros pais vai ajudar a deixar sua escolha mais fácil.

13) A escola está adaptada para o futuro?

Pare por um instante e reflita: 

A melhor escola do seu tempo é a melhor escola de hoje? 

Algumas instituições de ensino pecam pelo excesso de tradicionalidade e conservadorismo, e isso pode impactar na habilidade da escola em acompanhar as mudanças sociais, comportamentais e até mesmo pedagógicas. 

Nome não é tudo, anos de atuação no mercado muito menos, portanto, vale a pena entender mais sobre a proposta da escola , sua capacidade de estar em sintonia com o presente e sua forma de enxergar o futuro, especialmente qual é o futuro que a escola pretende dar aos seus alunos. 

Como escolher a melhor escola para meu filho: Conclusão 

Com todos esses fatores em mãos, escolher a melhor escolha se tornou uma tarefa mais fácil, porém, agora é hora de juntar as informações e ranquear as mais adequadas (crie uma lista). 

Feito isso, vale a pena se debruçar sobre detalhes que você acha importante. 

Nessa etapa, caso seu filho já seja um adolescente, vale a pena bater um papo com ele sobre a mudança. 

Isso pode ajudá-lo a se sentir mais confortável e prestigiado, estimulando a pesquisar por conta própria sobre a escola e até mesmo identificar conhecidos que estudam lá (e isso pode ajudar muito na adaptação!).

Infelizmente, alguns fatores podem pesar muito para excluir escolas de seu desejo (mensalidade acima dos recursos, distância, etc), contudo, outros precisam ser muito bem avaliados antes de se tornar um critério de exclusão. 

Este é o caso da questão ideológica e religiosa. Em muitos casos, vale a pena reconhecer que a escola é uma ótima opção, mesmo quando alguns dos valores distanciam dos seus (e não se esqueça que muitas vezes pode ser você quem precisa se adaptar, e não a escola). 

É preciso ter sintonia e parceria entre escola e família. 

Na hora de escolher considere que tipo de educação deseja para seu filho, necessário estar de acordo com suas crenças e valores que permeiam sua casa, pois as duas caminharão juntas.

Com um pouco de paciência para pesquisar, muita informação em mãos, uma boa dose de observação e diálogo com pais e profissionais tudo fica mais fácil. 

Não economize esforços na tarefa de encontrar uma boa instituição de ensino.

Os pais podem escolher escola dos filhos com base em informações concretas e estudo, e não apenas com uma recomendação ou com a reputação. 

Lembre que grande parte da construção social e pessoal do seu filho dependerá da escola que ele frequentará ao longo de sua vida.  

Seja atuante, isso é definitivo para o futuro do seu filho!

Fique à vontade também para marcar uma conversa ou uma visita no Objetivo Sorocaba, em qualquer uma das 3 unidades: Centro, Norte ou Portal.

Ficou com alguma dúvida ou quer comentar algum tópico colocado acima? Deixe um comentário abaixo!

Posts relacionados

Deixe um comentário